Um grupo de fãs de Michael cobram insultos de Joaquin Sabina

Ir em baixo

Um grupo de fãs de Michael cobram insultos de Joaquin Sabina

Mensagem por Admin em Sab Out 30, 2010 2:13 am

Um grupo de fãs de Michael em Tenerife (Ilha do Arquipélago das Canárias - Espanha), apesar da chuva, esperaram Joaquin Sabina no dia 24 de outubro de 2010, na saída do concerto que dava na ilha. Os fãs estavam a cinqüenta centímetros dele e lhes mostraram banners, onde se podia ler perfeitamente:

Deus leva Sabina e nos devolve Michael Jackson!
Desculpe-se pelos insultos à Michael Jackson, sem-vergonha!
Michael Jackson, Rei do POP!

Ao mesmo tempo gritaram e perseguiram seu carro, e o criticaram pelo que havia escrito sobre Michael, recriminando-o pela falta de classe e compostura como artista, cantor e pessoa.

Quando viu o grupo de pessoas, Sabina pensou que eram seu fãs, e os saudou amavelmente, porém ao vê-los usando luvas brilhantes e quando mostraram os cartazes, seu sorriso morreu no rosto... Os garotos programaram tudo muito bem! Tinham a situação sob controle, para resolvê-la fora do recinto do concerto, e orumo que deveriam tomar em direção ao hotel onde Sabina estava hospedado no centro da cidade. Um sucesso!

Joaquin Sabina é um cantor e compositor espanhol, conhecido mundialmente e especialmente na Argentina. Ele escreveu: "Sonetos para Jacko", publicado em 07 de julho do ano passado, onde faz ironias à Michael.

Sonetos de Jacko

O pobre menino rico, o velho tolo,
o preto e branco, cinquentão careca
com peruca de Barbie e calças
de Hussar, nunca limpou o nariz.

Sob ou longe dos holofotes
queria continuar a ser o rei do pop
disfarçado de Bambi Robocop,
dormindo com crianças, próximas do “coco”.

Fugitivo do Harlem e do Gueto
tanto talento e tão poucas luzes,
balançou para colocar sua voz no século XX.

com seu exibicionismo "glam" caipira
coberto com medalhas, dívidas, cruzes,
um Thriller bordado de mortos-vivos.



II)
Os pais das crianças que as amavam tanto,
mães de aluguel, uma coisa legal
sei que não era um criminoso ou um santo
condenado a dançar com a mais feia.

Tão livre quanto ele era a sua canção
o seu grito de luta de galos,
quando a maré póstuma
nos une ao amor, mas não ao medo.

Com três bebês de proveta
não lançou um pó que não fosse de talco
o ON ponto G do Peter Pan

Andar na lua com uma luva de mosca,
com burka, purpurina e catafalco (caixão de defunto, carro funerário)
o circo americano, Neverland.


Poema: Sonetos de Jacko
Ano: 2009, Interviú (revista española)
Letra: Joaquín Sabina


Existe uma petição para obrigar Joaquin Sabina a se retratar publicamente em respeito a Michael, pelos seus sonetos desreipeitosos.

Fonte: the essential
avatar
Admin

Mensagens : 162
Data de inscrição : 27/05/2010
Idade : 39

http://mjthisisit.forumeiro.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum